Kindle Paperwhite Vs Sony Reader PRS-T3, duelo de estreantes

Leitor eletrônico

Ontem o universo dos livros eletrônicos convulsionou por algumas horas e assistiu à apresentação dos novos aparelhos de duas das maiores gigantes do mercado como Amazon y Sony. No caso da empresa dirigida por Jeff Bezos, ainda não sabemos se devido a um descuido que precipitou a apresentação na sociedade do novo Kindle Paperwhite e na Sony, a apresentação do novo Leitor Sony PRS-T3 embora o fizesse, talvez de forma inesperada para quase todos.

E o fato é que a firma japonesa não o apresentou à sociedade no evento que havia programado no âmbito do IFA 2013 embora o tenha colocado em sua página oficial entre a bateria de novos aparelhos lançados no mercado.

Ambos os aparelhos chegam ao mercado para tentar seguir o rasto deixado pelos seus antecessores e que têm sido praticamente os dois aparelhos de referência no mercado de leitura digital, embora agora e de certa forma já estejam ameaçados pelos eReaders de outras empresas.

As principais características do novo Sony Reader PRS-T3 são:

  • Tela: E Ink Pearl com 16 níveis de cinza e uma resolução de 758 x 1024 pixels
  • dimensões: 16 10,9 cm x cm x cm 1,13
  • Peso: 200 gramas
  • Bateria: entre 1 e dois meses dependendo do uso que é feito e das opções de conectividade que permanecem ativadas
  • Memória interna: 2 GB, cerca de 1.200 eBooks, expansível usando um cartão micro SD de até 32 GB
  • conectividade: WiFi 802.11b / g / n
  • Formatos suportados: ePub, PDF, TXT, FB2, DRM
  • Outros formatos suportados: JPEG, GIF, PNG, BMP

Sony

As principais recursos do novo Kindle Paperwhite da Amazon são:

  • Tela de seis polegadas com tecnologia letter e-papper e nova tecnologia de toque
  • Dimensões 16,9 cm x 11,7 cm x 0,91 cm
  • Memória interna de 2 gigabytes que permite armazenar até 1.100 eBooks
  • Peso de 206 gramas
  • Nova tecnologia de exibição com maior contraste para melhor legibilidade
  • Luz integrada de nova geração
  • Inclui um processador 25% mais rápido que os modelos anteriores
  • Conexão WiFi e 3G ou apenas WiFi
  • Inclusão da função de leitura do Kindle Page Flip que permitirá aos usuários folhear os livros por página, pular de um capítulo para outro ou até mesmo pular para o final do livro sem perder o ponto de leitura
  • Inclusão de pesquisa inteligente com um dicionário totalmente integrado com a famosa Wikipedia

Amazon

Se começarmos comparando os dois dispositivos por fora podemos perceber que são dois dispositivos muito semelhantes Em termos de tamanho, embora o dispositivo da Amazon seja mais longo e mais largo em pouco mais de 1 centímetro, também é um pouco mais estreito do que o dispositivo da Sony, embora seja quase impagável. Em termos de peso, os dois dispositivos também são quase idênticos.

Quanto às telas, o Kindle Paperwhite claramente vence graças à nova tecnologia Carta e à iluminação embutida. A tela da Sony não apresenta muitas melhorias e fica com a tecnologia E Ink Pearl e uma resolução de 758 x 1024.

Em relação à conectividade, a Amazon nos permite escolher nosso Kindle Paperwhite adaptado às nossas necessidades com apenas uma conexão WiFi ou com uma conexão WiFi e 3G. O novo Sony Reader PRS-T3 oferece apenas a possibilidade de conexão via WiFi.

Outros pontos fortes do Kindle Paperwhite em comparação com o novo dispositivo Sony são a incorporação do Função de leitura do Kindle Page Flip mais integração com Googdreads. Por sua vez, a Sony se destaca na seção de baterias, onde o que eles chamaram de Q foi incorporado.Uick Charge (carga rápida) e isso permitirá que o dispositivo seja carregado por 3 minutos com a carga necessária para ler um romance de até 600 páginas.

Sem dúvida, estamos diante de dois dispositivos de altíssima qualidade que se distinguem por pequenos detalhes, então cada um de vocês deve pensar muito sobre o que deseja e precisa de seu próximo eReader.

Você preferiria um Amazon Kindle Paperwhite ou o novo Sony Reader PRS-T3?.

Mais informação - A Sony não apresenta o Sony Reader PRS-T3 para a mídia, mas ele já está disponível em seu site Amazon confirma o lançamento de dois novos modelos de seu Kindle Paperwhite


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

14 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Atrus dito

    Na minha opinião, neste momento o Kobo Aura é superior a ambos, porém para substituir minha já veterana papira 6.1 Estou hesitando entre a aura kobo ou a sony t3 pelo simples motivo de que prefiro mil vezes ter botões para virar a página e assim não deixando a tela cheia de impressões digitais, sem ter que abrir mão das vantagens de uma tela de toque para outras tarefas como selecionar texto, pesquisar no dicionário, etc. Sony joga-me para trás o preço, muito caro pelo que tem na minha opinião, comparando-o com os seus concorrentes

    Agora posso escolher um ou outro, botões para virar a página ou luz integrada? eh aí a pergunta

    a verdade é que se a aura kobo tivesse botões eu nem pensei nisso, eu iria para o da cabeça

    1.    Villamandos dito

      É a grande falha ou desvantagem da Kobo sem dúvida, a dos botões, mas hey quase todos têm algum mas ...

      Uma saudação!

    2.    Tremor dito

      Outro com um veterano Papyre 6.1 embora eu ache que por enquanto não vou aposentá-lo ...

      A verdade é que eu esperava algo mais do novo KPW e do PRS-T3; se comprar algum agora estaria em dúvida entre o Kobo Aura e o Paperwhite.

  2.   Carlos dito

    Lembre-se que o preço da SONY inclui capa com luz oficial.

    Atualmente tenho um Kindle 4, comprei um PW para substituí-lo mas não gostei, dei para minha mãe.

    Prefiro a combinação botão + lâmpada, portanto, se a Amazon não renovar seu K4 por algo semelhante ... digamos um eReader tátil com botões para virar a página e sem luz embutida, comprarei este Sony.

    Se no final eu "cair" na questão da luz embutida, vou optar por uma Aura HD, aquela que se estende um pouco em centímetros. Estou impressionado com a ideia de aumentar um pouco a tela.

    Uma saudação.

    1.    Villamandos dito

      Acredito e apenas digo que acredito que o case eReader da Sony não incorpora luz, ...

      Saudações !!

    2.    Kibu dito

      Depois de ver os novos e-leitores apresentados, estou muito feliz por não esperar que ele fosse lançado e optar por comprar um Kobo Aura HD. Sem dúvida, para mim, o melhor do mercado hoje.

  3.   Javi dito

    Muito bom ambos sem dúvida, mas acho que é raro a Sony não decidir usar a luz embutida, o que considero um grande avanço. Além disso, o Kindle tem a melhor tela eink da atualidade ... bem, é verdade que precisamos vê-lo em ação e fazer uma comparação real, mas a priori é significativamente melhor do que o Sony Pearl. Outra coisa ... Tive a oportunidade de testar o T1 e a forma de virar a página (arrastando o dedo) não parecia tão confortável quanto a do Kindle (basta tocar, não arrastar). Não sei se o T3 mantém esse método mas se sim ... novo ponto para o Kindle. Não gosto do aparelho da Amazon que não tem slot para cartão (por que a Amazon será tão reticente?) Nem da forma de organizar os livros (deve permitir arrastar pastas do pc), não sei como é que esta última o caso da Sony.

    1.    Nacho Morato dito

      Hola Javi,

      A Amazon não traz ou trará leitores de cartões SD ou micro SD porque quer um sistema fechado e que a única forma de conseguir os livros é através da Amazon.

      Se você colocar um titular de cartão, isso facilita a saída do seu ecossistema.

      1.    Javi dito

        Obrigado! É bom saber ... mas é uma pena. Embora, para fins práticos, os 1000 livros que cabem no kindle sejam muitos, não seria uma coisa ruim poder carregar a biblioteca inteira com um. Em fim…

        1.    Miguel dito

          A Amazon oferece armazenamento em nuvem (5 GB grátis) que, para livros, é mais do que suficiente. Se estivéssemos falando de um tablet, as coisas mudariam, mas sendo um ereader, um armazenamento de aproximadamente 6.25GB é muito bom.

          Tive a sorte de comparar um Kindle 4 com um Sony PRS-T2 e posso dizer que a tela do Kindle, mesmo usando a mesma tecnologia, parece melhor, enquanto a vantagem da Sony é que é tátil (pesquisas no dicionário)

          Por agora, vamos esperar que o novo KPW saia para se comparar com o Kobo, que, por outro lado, são mais caros e nas análises que tenho visto a sua iluminação é bastante má (a partir de uma certa luminosidade não dá para ler uma vez que o texto assume uma cor cinza cada vez mais clara)

  4.   ipadera dito

    Usuário de ipad desde o início, estou pensando seriamente em adquirir um e-book, por quê? Pois bem, porque a luz cansa cada vez mais os meus olhos embora a intensidade diminua, porque estou até de touca de leitura debaixo da toalha na piscina porque com o sol fica impossível ler, porque a minha bolsa pesa muito e tem que ser largo quando tiver certeza de que só vou usar o ipad para ler.
    Estou encantada com o ipad por todos os seus recursos, mas acho que nas horas do meu dia a dia um e-reader simplificaria minha "vida", é claro que criei uma necessidade
    Eu gosto do sony prs-t3. Mas outro fato a ter em mente sobre a minha escolha é que também gosto de ler à noite.
    Alguém pode me indicar qual, por favor?

  5.   fet dito

    Paperwhite teve muitos problemas com luz, pixels mortos, contraste e vazamentos. Muitas unidades foram devolvidas para reparo e muitas foram devolvidas recondicionadas com falhas semelhantes ou piores do que as relatadas. A Amazon provou ser um gigante quando se trata de práticas inadequadas de reparo e serviço pós-venda.

  6.   l0ck0 dito

    Eu gosto desse jeito ... comparações imparciais onde apenas as coisas em que "supostamente" são comparadas (porque para mim a iluminação da tela não é uma vantagem, pelo contrário quando se usa bateria inútil) o kindle é melhor, mas ignorando em que sony ganha

  7.   pablovimo dito

    Guardo o Sony PRS-350, no qual me acostumei a ler livros convertidos para o formato lrf usando o Calibre (o software da Sony era extremamente lento e pouco versátil, enquanto o Calibre me fornecia ferramentas adequadas para converter todo tipo de livro rapidamente).
    Como o Sony PRS-350 era ocasionalmente marcado, comprei um Sony PRS-T3 há menos de um mês que, infelizmente, não é compatível com arquivos lrf. Não gosto de não conseguir encontrar no final de cada página visível na tela o número que corresponde a ela como a página visível na tela, mas o que corresponde a ela de acordo com o formato epub ou pdf, circunstância que significa virar a página duas ou três vezes visível na tela com a mesma numeração de página na parte inferior e, portanto, cria dificuldades para retornar ao último ponto de leitura depois de ter ido fazer uma consulta na internet ou em outro livro ou em outro dicionários ou enciclopédias.
    Gostaria de saber se existe alguma forma de utilizar lrf ou outros arquivos no Sony PRS-T3 em que cada página visível na tela tenha sua própria numeração na parte inferior.
    O manual Sony PRS-T3 não menciona que a unidade suporta os arquivos fb2 e drm listados acima como suportados por este leitor. Não conheço esses formatos e gostaria de saber se algum deles funcionará como o formato lrf e permitirá, finalmente, encontrar o número correspondente no final de cada página visível na tela e, assim, superar o incômodo indicado.
    Eu entendo que este problema pode parecer supérfluo para quem usa o leitor apenas para distração, mas não é para mim, já que além de ler por prazer sou forçado também a ler muitos assuntos muito diferentes e em vários livros simultaneamente, então que Encontrar a página onde deixei a leitura facilmente é importante para mim e os formatos epub e pdf não me permitem fazê-lo.
    Se alguém tiver a resposta, pode me escrever diretamente em pablovimo@gmail.com.
    Desde já, muito obrigado.
    Paul